sábado, 3 de julho de 2010

Indas e Vindas do Amor

Porque toda comédia romântica tem o mesmo fim? É! Tudo começa dando errado, e no fim os casais terminam juntos. Isso é inevitável!
Estou falando isso porque acabei de assistir o filme "Idas e vindas do amor". O elenco é MARA, e o final um pouco surpreendente, não tanto assim. O que eu mais gostei foi do amor do gurizinho pela sua professora. Aaah gente! Que coisa mais querida do mundo.
O filme em si fala do dia mais odiado pelos solteiros: O dia dos namorados. Pros mais amargurados é um dia de fúria, já para os mais festeiros, como diria uma amiga minha: “Se o dia é dos namorados, a noite é dos solteiros!”
Há quem goste desse estado civil livre e desimpedido. Já outros, como eu, preferem ter alguém sempre que precise, pra sempre dar risada e pra sempre ser amado. Às vezes essa ‘solteirice’ não é uma escolha e sim uma conseqüência. Conheço muita gente que adoraria ter alguém do lado nos momentos difíceis e nos mais felizes. Sabe aquela expressão “vai ficar pra titia”? Ela não é só um jeito de falar, é uma realidade. Tem quem viva essa realidade, o que é uma pena! E agora mais do que antes, eu posso dizer pra quem é solteiro que se tiver a oportunidade, namorem sim! Não tem coisa melhor.
E sobre o filme... Quem não assistiu, veja. É de dar várias gargalhadas. E sem contar que o LINDO do Taylor Lautner (Jacob do Crepúsculo) faz parte do elenco. Uiui.

Um comentário:

Anita disse...

o Taylor Lautner é muito gato!
Vou assistir sim...
e em relação a solteirice, não é que não queira namorar...mas as vezes, a pessoa escolhida não nos merece...
Sabe aquela pessoa de dedo podre! Então, se aplica a mim -_-'
MAs quem sabe um dia, mude!
beijos
valvulaaberta.blogspot.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
↑Top