sábado, 19 de junho de 2010

Baladeira!

Depois de uma sexta-feira do carilha, venho aqui escrever sobre o comportamento dos machos na balada, me referindo claro a uma balada sertaneja, que faz mais o meu tipo. Esses homens freqüentam festas só por dois motivos: beber e pega muié! Isso é fato, comprovado cientificamente.
E entre esses homens podemos dividi-los em três grupos:

Os que dançam: Esse tipo de cara chega na menina sem uma intenção inicial, só pra dançar mesmo. Se ela gostar e mostrar interesse dai ele investe, se não é só pra se divertir mesmo. Sem essa pressão psicológica fica mais fácil rolar um beijo. A menina tem liberdade pra aceitar ou não o pretendente. Se não rolar química tudo bem, bora dar mais uma volta!

Os tipos grude: Eles são chamados também de sem noção, porcos ou ainda retardados. Não respeitam nem o seu espaço, chegam pegando no cabelo, pela cintura, é uma coisa realmente desagradável. Esse tipo de cara sempre consegue me tirar do sério. Falam besteiras atrás de ti, puxam seu braço e o pior é que não param de te encarar. Oh coisa chata!

Os tipos cavalheiros: Também podem ser classificados no tipo dos que dançam, mas alguns nem isso fazem. Preferem chegar pedindo o teu nome, conversando sem pressão e sem um interesse direto, como se fosse começar uma amizade mesmo. São os mais 'cabeças' da balada. Totalmente aceitáveis para um inicio de relacionamento. Se a mulher não mostra interesse e o corta, tudo bem, sem estresse, outro dia nos encontramos.

Claro que existem outros tipos de caras como os encostados que não querem nada além do bar, os mais tímidos que não chegam em ninguém ou ainda os que só olham. Numa balada se vê de tudo mesmo! E por ter toda essa diversidade de gente é que a balada se torna um ótimo programa pra se distrair e rir muito com as amigas. Porque afinal balada não é só pegação, a verdadeira graça está na companhia. Fica a dica, reúna a galera, se divirta e só se arrependa do que você não fez.

4 comentários:

Sr. Senador disse...

Balada sertaneja em Ctba? Existe ainda a tal da Woods? Fui MUITO lá...

Fêmeas pra Carilha disse...

Existe sim! Mas eu ainda não fui lá.. só no VV, conhece? hehe

Sr. Senador disse...

nao, esse VV não conheco não... Woods era bem divertido qdo eu ia, mas já faz um tempo... uns 4 anos...

Pri Ortiz disse...

Balada em Curitiba tem de tuuudo...mas o pior são os sem noção, quanto mais vc diz q não qr mais ele grudam em vc. VV é maaara, sempre vou la. Bjos querida adorei o post.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
↑Top