quinta-feira, 24 de junho de 2010

Restringindo Amizades

Esses dias no Twitter eu encontrei um amigo que há tempos não nos falávamos. Paramos de nos falar porque eu comecei a namorar, e este meu amigo causava um certo transtorno no meu relacionamento. Realmente ele era só meu amigo, mas éramos tão próximos e confidentes que isso irritava o meu namorado. Então pra manter uma ordem e evitar brigas com ele, parei de conversar com o meu amigo. Não sei se fiz certo, porque ele ficou muito chateado com a minha atitude, mas eu optei pelo meu namorado.

Quando se começa um relacionamento você se limita as vontades do companheiro. É mais uma questão de obrigação do que de preferência. Você tem que se sacrificar, mudar certas atitudes e modos para não ocorrerem brigas. Claro que você não é obrigada a mudar. Tem os mais radicais que diriam: “Eu não mudo por ninguém! Sou o que sou e ninguém vai me mudar!” Mas como eu disse, às vezes é preciso. Se você gosta da pessoa vai querer agradá-la e fazer suas vontades, assim como ela também deve fazer.

Em relação a amizades do sexo oposto, tem que haver sim uma restrição quando você começa a namorar. Evitar brigas é bom, mas isso nem sempre é possível. A dica é estabelecer um tipo de regra que é válida para o homem como também para a mulher. Se eu não posso ter mais tal guri como amigo, você também não poderá com aquela guria porque eu vi intenção dela pra cima de ti.

É assim mesmo, meu caro. É só vivendo pra aprender. Brigas? Não mais!

2 comentários:

Sr. Senador disse...

acho que qdo tu começa um namoro, tu "compra um pacote fechado" da outra pessoa. Eu comecei um namoro há 2 meses, com uma amigona minha há 9 anos, eu já a conhecia muito bem, já sabia qual "pacote eu tava comprando". Claro que algumas coisas sao delicadas, discutiveis, mas acho que proibir algo é tenso demais.

Anita disse...

Acho que tudo que eh proibido, tende a não dar certo...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
↑Top